Prove que é um ser humano: 0   +   8   =  

Foi uma derrota que certamente não sairá tão cedo da memória do torcedor catarinense, em especial da região Oeste do Estado. O futebol de Santa Catarina avança no cenário nacional fardado com as cores alviverde da Associação Chapecoense de Futebol, que perdeu por 1 a 0 para o Luverdense, na cidade de Lucas do Rio Verde/MT e avançou no confronto eliminatório, válido pela quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C. Após a ótima vitória por 3 a 0 na partida de ida, a Chapecoense conseguiu manter a vantagem no confronto sofrendo apenas um gol no jogo de volta e garantiu presença nas semifinais da Série C. Mas figurar entre os semifinalistas da Série C significa mais para a tetracampeã catarinense, significa fazer parte do seleto grupo dos 40 clubes mais competitivos do Brasil.

Sequência
A busca pelo título do Campeonato Brasileiro da Série C, que tem como atual campeão o coirmão Joinville, prossegue para a Chapecoense. O time catarinense aguarda o vencedor do confronto entre Fortaleza e Oeste para saber quem será seu adversário nas semifinais. No outro lado da chave, Duque de Caxias e Icasa duelam nesta sexta-feira (09), no Rio de Janeiro, na partida de ida, melhor para o Icasa, que venceu por 2 a 1. Macaé e Paysandu jogarão no sábado (10), em Macaé, no Rio de Janeiro. O time paraense tem vantagem já que venceu o jogo de ida por 2 a 0, em Belém.

Dirigentes da FCF na decisão
Antes do início da partida no Estádio Passo das Emas, o Presidente da Federação Catarinense de Futebol, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho e o Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Fábio Marcel Nogueira, congratularam-se com o Presidente da Federação Matogrossense, Carlos Oriomi, com o prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz, com o vice-presidente da FMF, João Carlos Oliveira Santos e com o diretor de competições, Gilson Gonçalves. Os dirigentes catarinenses acompanharam a jornada decisiva da Chapecoense, bem como em outras oportunidades da campanha coroada com o acesso. O Presidente da FCF não conteve a alegria pelo acesso da filiada: “O futebol de Santa Catarina cresce assim, na bravura, percorrendo grandes distâncias e conquistando importantes vitórias, a Chapecoense foi briosa e merece estar na Série B, estamos muito contentes!”, declarou Delfim Peixoto Filho.

Fábio Nogueira, Delfim Peixoto Filho, Marino Franz, Gilson Gonçalves, João Carlos Oliveira Santos, Carlos Oriomi.