7   +   9   =  

O Departamento de Competições da Confederação Brasileira de Futebol confirmou nesta quarta-feira, a manutenção da Série D do Campeonato Brasileiro na mesma forma da edição de 2012, com 40 clubes. Após anunciar no dia 24 de outubro que a competição sofreria redução de 40 para 32 clubes, a CBF retoma à forma disputa da edição deste ano com 40 clubes, divididos em oito grupos de cinco equipes.
Assim como a Federação Catarinense de Futebol, outras Federações que detinham duas vagas na competição organizaram competições para destinarem a segunda vaga, caso da Copa Santa Catarina Vigifort 2012. Para seguir cumprindo os regulamentos dessas competições paralelas e, atendendo ao pedido das Federações que criaram competições para disputar uma das vagas na Série D, a CBF adiou para 2014 a redução no número de participantes. O Presidente na FCF, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, liderou o grupo das Federações que comprometeram a vaga em competições paralelas e reiterou sua posição no último encontro com o Presidente da CBF, José Maria Marin, na cerimônia de premiação dos melhores do Brasileiro 2012, realizada no último dia 03 de dezembro.

Representantes catarinenses
Como vice-campeão da Copa Santa Catarina Vigifort 2012, sendo superado pelo Joinville que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, o Clube Náutico Marcílio Dias, de Itajaí, garantiu participação na Série D de 2013. O outro representante barriga-verde será o melhor clube classificado no Campeonato Catarinense  Chevrolet da Divisão Principal de 2013, com exceção aos cinco clubes catarinenses que disputam as Séries A e B Campeonato do Brasileiro: Criciúma, Figueirense, Joinville, Avaí e Chapecoense.