Prove que é um ser humano: 10   +   9   =  

O Criciúma Esporte Clube acumula uma década de títulos estaduais, o décimo veio na tarde deste domingo (19), quando o time do Sul do Estado conquistou a 88ª edição do Campeonato Catarinense Chevrolet. Mesmo perdendo a partida de volta, na Arena Condá, em Chapecó, por 1 a 0, o Criciúma garantiu o triunfo pela vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense no último domingo (12), na partida ida das finais, no Estádio Heriberto Hülse.

Foto: Rodrigo Goulart / Diário do Iguaçu

Foto: Rodrigo Goulart / Diário do Iguaçu

Assim como em Criciúma, na primeira metade da decisão, a partida de volta na Arena Condá, em Chapecó, foi um espetáculo exemplo para o País que está prestes a sediar uma Copa do Mundo. O público fazendo sua parte nas arquibancadas e incentivando as equipes, que buscaram seus objetivos dentro das regras do jogo e das recomendações do fair play, protagonizando uma grande final.

Foto: Rodrigo Goulart / Diário do Iguaçu

Foto: Rodrigo Goulart / Diário do Iguaçu

A Chapecoense marcou o único gol da tarde, aos 12 minutos do 1º tempo, Paulinho Dias cobrou escanteio da direita e o defensor Rafael Lima fez, de cabeça, 1 a 0. Ao apito final do árbitro Heber Roberto Lopes, festa dos jogadores do Criciúma Esporte Clube e da torcida tricolor que esteve na Arena e comemorou muito!

Premiação
O Presidente da Federação Catarinense de Futebol, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, conduziu a cerimônia de premiação na Arena Condá, que contou com a ilustre presença do Governador do Estado, em exercício, Eduardo Pinho Moreira e com a presença do Prefeito Municipal de Chapecó, José Cláudio Caramori. O Presidente da FCF convidou os homenageados com as taças oficiais do Campeonato Catarinense Chevrolet 2013 para dividirem o momento das entregas das taças e medalhas.

O representante da montadora Chevrolet patrocinadora da competição, Sr. Sérgio Gomes entregou junto com Governador a “Taça Chevrolet” ao capitão do Criciúma, Amaral.  A Federação Catarinense de Futebol ofereceu também como prêmio ao campeão um Chevrolet Onix zero Km.

Foto: Rodrigo Goulart / Diário do Iguaçu

Foto: Rodrigo Goulart / Diário do Iguaçu

O Criciúma ainda foi premiado com outras duas taças, a “Taça Carlos Renaux 100 Anos”, que homenageia o primeiro clube de futebol centenário do Estado foi entregue pelo ex-atleta Clube Atlético Carlos Renaux, de Brusque, Antônio Aberlado.

O Criciúma Esporte Clube também lapida seu nome e detém até 2014, o Troféu Transitório Dr. Aderbal Ramos Silva. Instituído em 2011, o troféu ficará em definitivo com a equipe que conquistá-lo por três oportunidades seguidas, ou cinco alternadas. Chapecoense em 2011, Avaí em 2012 e agora o Criciúma, são os vencedores até hoje.

Parabéns aos torcedores, diretores e colaboradores do Criciúma Esporte Clube por esta importante conquista!

Fotos: Rodrigo Goulart / Diário Iguaçu

box-placar-FINAIS-300-250.fw

FICHA TÉCNICA:
Arena Condá – Chapecó
Público: 11.171
Arbitragem
Árbitro: Héber Roberto Lopes – FIFA SC
Ass 1: Kléber Lúcio Gil – FIFA SC
Ass 2: Nadine Schramm Câmara Bastos – Aspirante FIFA
Cartões amarelos: Fabiano (Cha); Giancarlo, Ewerton Páscoa, Sueliton (Cri)
Gol: Rafael Lima, aos 12 minutos 1ºtempo – Chapecoense;
Criciúma (0)
Bruno; Sueliton, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa e Marlon; Amaral, Elton e Ivo (João Vitor); Lins (Gilson), Marcel e Fabinho (Tartá)
Técnico: Oswaldo Alvares “Vadão”
Chapecoense (1)
Nivaldo, Fabiano (Diego Felipe), Rafael Lima, André Paulino e Fabinho Gaúcho; Wanderson (Athos), Paulinho Dias e Nenén; Bruno Rangel, Rodrigo Gral e Fabinho Alves (Soares)
Técnico: Gilmar Dal Pozzo