0   +   3   =  

O Campeonato Catarinense Série A 2017 já está sendo planejado pela Federação Catarinense de Futebol, com a participação fundamental dos clubes e da SC Clubes. Na última 2ª feira(13), a Entidade recebeu o segundo encontro entre os representantes dos departamentos de marketing dos clubes e da FCF, para definição do planejamento de marketing do Catarinense 2017.

O Presidente da FCF, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, abriu o encontro em breve pronunciamento saudando a presença de todos. “O Campeonato Catarinense se tornou um produto muito valorizado, já estava na hora de pensarmos o marketing de forma mais próxima”, destacou.
IMG_5729_600
O evento iniciou com a explanação do especialista Ronei Schultze sobre as possiblidades para captação de recursos junto às Leis de Incentivo ao Esporte e à Cultura, para auxílio nas categorias de base das competições organizadas pela FCF. Clubes como Criciúma e Joinville já utilizam recursos oriundos da Lei de Incentivo ao Esporte, a intenção é ampliar para o fomento das competições, viabilizando transporte, hospedagem, alimentação, pagamento de taxas de arbitragem, entre outros.

Ronei Schultze deixou os clubes otimistas quanto à captação de recursos em médio prazo.

Ronei Schultze deixou os clubes otimistas quanto à captação de recursos em médio prazo.


Em seguida foram expostas simulações dos modelos de marketing para o Catarinense 2017. O Assessor de Marketing da FCF, Alexandre Monteiro, apresentou as propriedades e as possiblidades de valores. Para 2017 a participação do patrocinador máster da competição será ampliada, inclusive com espaços nas arenas. Haverá oportunidades para empresas em espaços de arena nas dez praças envolvidas na disputa, com padronização de metragens e posicionamento. Outra importante novidade apresentada é a possibilidade da premiação em dinheiro para os clubes campeão e vice.
Alexandre Monteiro expôs as propriedades de marketing para o Catarinense 2017.

Alexandre Monteiro expôs as propriedades de marketing para o Catarinense 2017.

Para o representante da SC Clubes, Carlos Crispim, o passo é histórico. –Vínhamos buscando essa interação, esse envolvimento de todos, clubes, Federação e a Associação. O Catarinense 2017 pode ser um marco no aspecto da valorização para a competição.

Alexandre Monteiro da FCF, também manifestou otimismo. – Conseguimos enfim contemplar propriedades que atendem à expectativas de todas as partes. Vamos trabalhar em conjunto para oferecer um produto de ótimo retorno e visibilidade para o patrocinador!

Participaram da reunião representantes de oito clubes: Chapecoense, Figueirense, Joinville, Avaí, Criciúma, Brusque, Marcílio Dias e Guarani. Também participou do debate o Professor da UNISUL, Rafael Andreis.

O planejamento em conjunto das estratégias de marketing para o Catarinense 2017 prossegue com o terceiro encontro itinerante, no dia 18 de julho, na sede da SC Clubes, em Florianópolis.