Prove que é um ser humano: 6   +   6   =  

A Associação Chapecoense de Futebol representa o futebol catarinense e brasileiro na semifinal histórica da Copa Sul Americana 2016. O time catarinense ostenta a melhor campanha de equipes brasileiras em competições internacionais na temporada 2016.

Foto: Giba Thomaz / Chapecoense

Foto: Giba Thomaz / Chapecoense

A Arena Condá estará completamente lotada na noite desta 4ª feira (23), quando a Chapecoense recebe o San Lorenzo-ARG, na partida de volta da semifinal, a partir das 21h45min. Após o empate em 1 a 1 na partida de ida na Argentina, o time catarinense poderá avançar à final inédita vencendo a partida ou com um empate sem gols.

delfim-logo-fcf-300-250-1-1-1A Federação Catarinense de Futebol acompanha toda a campanha, já irrepreensível, da Chapecoense na Copa Sul Americana 2016 e estará mais uma vez representada pelo Presidente, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, na decisão desta 4ª feira.

Na história gloriosa dos 92 anos da Federação Catarinense de Futebol, nunca um clube filiado disputou uma fase semifinal de competições internacionais. A Chapecoense supera o próprio desempenho na segunda principal competição interclubes do continente em 2015, quando chegou às quartas de final eliminada pelo River Plate-ARG. Também avançando o feito do Criciúma EC na histórica participação na Copa Libertadores da América de 1992, quando o Tigre chegou às quartas de final, eliminado pelo futuro campeão, o São Paulo FC.

sulamericanaConmebol

Finais 
Caso avance às finais da Copa Sul Americana 2016, a Chapecoense pode conquistar a inédita oportunidade de disputar a Copa Libertadores da América 2017. A outra semifinal da Copa Sul Americana tem o Atlético Nacional-COL, atual campeão da Copa Libertadores e com vaga assegurada para 2017, diante do Cerro Porteño-PAR. Na partida de ida no Paraguai também houve empate em 1 a 1. A partida de volta acontece nesta 5ªfeira(24), em Medellin, na Colômbia.