7   +   4   =  

Cinco clubes vão buscar o título da Copa Santa Catarina 2017 e a vaga na Copa do Brasil de 2018: Joinville EC, EC Internacional, CA Tubarão, Brusque FC e CN Almirante Barroso. A Copa SC foi definida na tarde desta 2ª feira (24), na reunião do Conselho Técnico, realizada na sede da Federação Catarinense de Futebol, em Balneário Camboriú. A competição começa no dia 8 de outubro e terminará no dia 03 de dezembro.

A Diretoria FCF convocou os dez clubes participantes do Catarinense Série A, porém apenas cinco confirmaram presença na disputa. O Presidente da FCF, Rubens Renato Angelotti, abriu a reunião agradecendo a presença de todos e ressaltando a importância da Copa SC. “É uma competição que volta ao nosso calendário com grande importância, já que irá apontar um representante na Copa do Brasil em 2018”, comentou Rubens Angelotti, no seu pronunciamento inicial.

BAIXE FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO
Logo em seguida, os clubes manifestaram a condição de participantes da Copa SC 2017 mediante indagação do Gerente de Competições, Fábio Nogueira. Com a definição dos cinco clubes, a forma de disputa foi proposta em consenso, a competição terá quatro fases: turno, returno, semifinais e finais. Ao final das duas primeiras fases, apenas uma equipe ficará fora da disputa pelo título.

Nas duas primeiras fases, turno e returno, as equipes jogarão todas entre si. Ao final do turno e do returno, as equipes que somarem mais pontos em cada fase serão semifinalistas, juntamente com as duas melhores equipes classificadas pelo índice técnico(soma de pontos do turno e do returno). Caso uma mesma equipe some mais pontos no turno e no returno, três equipes serão classificadas às semifinais pelo índice técnico.

As semifinais e finais serão disputadas no sistema de confronto eliminatório, jogos de ida e volta. Os vencedores do turno e returno terão vantagem de jogar como mandantes nas semifinais. O campeão do turno encara o 2º melhor colocado pelo índice técnico, enquanto o campeão do returno enfrentará o melhor colocado do índice técnico.

Nas finais a equipe de melhor desempenho nas três primeiras fases terá vantagem de jogar como mandante a segunda partida. Na 3ª fase semifinais e na 4ª finais, a equipe que somar mais pontos ao término dos dois jogos avança. Caso haja empate e número de pontos, a equipe com melhor saldo de gols estará classificada, persistindo o empate, a decisão será através da cobrança de penalidades.

Para incentivar a disputa, a Federação Catarinense de Futebol irá praticar desconto de 40% sobre na tabela de emolumentos. O Presidente da FCF, Rubens Renato Angelotti, falou sobre a Copa SC 2017. – Tínhamos uma expectativa maior em relação ao número de participantes, mas mesmo com cinco clubes na disputa a Copa SC será interessante. O campeão estará na Copa do Brasil em 2018 e será mais um representante do Estado na maior competição de clubes organizada pela CBF.

O Presidente do CA Tubarão e da SC Clubes, Luiz Henrique Martins Ribeiro, também comentou sobre a expectativa do Tubarão. –Acreditamos que vai ser uma competição muito boa, muito positiva, vai nos ajudar a ter calendário. Conseguimos nosso objetivo que era a permanência na Série A em 2018 e a Copa SC é muito importante porque traz uma vaga na Copa do Brasil. Uma competição nacional que tem um ótimo retorno financeiro. Ficamos com uma base de doze atletas, alguns estão emprestados e voltam para esta competição, vamos entrar no páreo, buscar o título para estarmos no cenário nacional.

Um dos representes catarinenses que avançou de fase na Copa do Brasil em 2017, sendo eliminado na 2ª fase pelo Corinthians apenas nos pênaltis, o Brusque FC também tem expectativa positiva em relação à Copa SC.
– Nosso pensamento é de buscar essa vaga, gostamos da forma de disputa, vamos montar um grupo qualificado para fazer bonito, como já fizemos este ano, quando jogamos de igual para igual contra o Corinthians, falou o Presidente Danilo Rezini.