Prove que é um ser humano: 1   +   7   =  

Buscando sempre seguir o objetivo de fomentar as categorias de base do futebol catarinense, a Federação Catarinense de Futebol irá subsidiar bolas e taxas de arbitragem do Campeonato Catarinense Juvenil da Série B de 2018. A competição que envolve atletas Sub-17 iniciará no dia 10 de março, serão 41 partidas e nove clubes na disputa, já que o Guarani de Palhoça participa em 2018 das competições de base da Série A.
IMG_7043_600
social-flickr-button-icon-fw_menor-fw – VEJA E BAIXE MAIS FOTOS DA REUNIÃO

 

O comunicado aos clubes foi feito na tarde desta 5ª feira(1º), na sede da Entidade, onde a Diretoria da FCF recebeu presidentes e representantes dos dez clubes participantes do Catarinense Série B. O Presidente da FCF, Rubens Renato Angelotti, abriu o encontro saudando a presença de todos e falando sobre a intenção da Entidade de viabilizar mais condições para os clubes nas categorias de base. “Obrigado a todos pela presença, é com imensa satisfação que convocamos vocês para comunicar a condição de subsídio para as categorias de base no quesito de bolas e taxas de arbitragem. Através da parceira firmada com o SICOOB, estamos redirecionando parte desses recursos para auxiliar os clubes da Série B no desenvolvimento das categorias de base”.

Compuseram a mesa dos trabalhos além do Presidente da FCF, o Superintendente Lédio D´Altoé, o Gerente de Competições Fábio Nogueira, o Diretor de Relações Institucionais Carlos Crispim e o Diretor do Departamento de Arbitragem, Marco Antônio Martins.

Presidentes dos clubes do Catarinense Série B ficaram satisfeitos com a iniciativa da FCF de arcar com o fornecimento de bolas e as taxas de arbitragem do Catarinense Juvenil Série B. — Para nós foi muito bom, o custo está muito alto para fazer futebol e esse auxílio é fundamental, comentou o Presidente do GE Juventus, Sérgio Meldola.

O Presidente do Blumenau EC, Wanderlei Laureth, também falou sobre a importância do subsídio. – Como um dos presidentes que mais que mais reivindicou isso estou muito satisfeito. Queremos desenvolver a base, mas os custos são muito elevados. A arbitragem era a despesa maior nos jogos e ainda com o fornecimento das bolas será de suma importância para fortalecer as categorias de base, já que poderemos direcionar recursos para dar melhores condições de trabalho aos nossos profissionais e atletas.

Laudos
Além do subsídio de bolas e taxas de arbitragem para o Catarinense Juvenil, a FCF aproveitou a oportunidade para alertar os clubes participantes do Catarinense Série B Profissional sobre os laudos técnicos de suas respectivas praças esportivas e reiterar as disposições do Manual de Infraestrutura de Estádios instituído pela Entidade. O Catarinense Série B 2018 iniciará no dia 3 de junho.