4   +   3   =  

FCF realiza curso RAP FIFA para árbitros do quadro da CBF

A Federação Catarinense de Futebol realizou na tarde desta 2ª feira (22), na sede da Entidade, em Balneário Camboriú, através do Departamento de Arbitragem, a palestra de atualização das orientações do Curso RAP-FIFA para os 40 integrantes do quadro catarinense de arbitragem, que também integram o quadro da Confederação Brasileira de Futebol. Além das atualizações do curso RAP- FIFA, os integrantes do quadro nacional de arbitragem foram submetidos às baterias de avaliações físicas complementares para sequência das competições realizadas pela CBF.

Presidente da FCF Rubens Angelotti e o Superintendente Lédio D´Altoé deram boas vindas e desejaram bom trabalho aos participantes do curso.

– VEJA E BAIXE MAIS FOTOS

 

A palestra do Curso RAP-FIFA para 13 árbitros, 16 árbitros assistentes, 3 árbitras e 16 árbitras assistentes foi ministrada pelo instrutor técnico e Diretor do Departamento de Arbitragem, Marco Antônio Martins e também pelo Instrutor FCF/CBF Vayran da Silva Rosa.
Marco Antônio Martins falou sobre a aplicação do RAP-FIFA para os membros do quadro nacional. — Esse é o nosso grupo de elite, estão habituados com a dinâmica de trabalho e o aproveitamento da parte teórica com exibição de vídeo testes foi muito bom, avaliou Martins.

Os participantes realizaram inúmeras análises de vídeo testes com lances atualizados da Copa do Mundo Rússia 2018 com a dinâmica de apresentação de cartões amarelo ou vermelho após cada exibição.

Testes físicos complementares
Além da parte teórica, os integrantes catarinenses do quadro de arbitragem da CBF foram  submetidos no período noturno às avaliações físicas complementares para a sequência das competições nacionais no campo da Fundação Municipal de Esportes, localizado ao lado da sede da FCF. As avaliações foram aplicadas pelo instrutor físico CBF/FCF de Santa Catarina, professor Jolmerson de Carvalho.

Os árbitros foram submetidos aos testes “Yo-yo Dinâmico” e “7×7×7″. Já os assistentes realizaram os testes “Ariet” e “Coda”. O teste “Yo-yo Dinâmico” tem como objetivo avaliar a resistência dos árbitros utilizando corrida de 40 metros para frente com alternância de direção a cada 20 metros. O teste “7×7” avalia agilidade. Na categoria dos assistentes, o teste “Ariet” trabalha a resistência, alternando seções de corrida para frente com mudança de direção, sentido e deslocamento lateral. Enquanto o teste “Coda”, avalia a resistência.