Caravaggio se profissionaliza e confirma participação na Série C do Catarinense 2021

O Caravaggio Futebol Clube, de Nova Veneza, oficializou na tarde desta quinta-feira (13/05) a profissionalização no futebol. A assinatura foi feita na sede da Federação Catarinense de Futebol (FCF), em Balneário Camboriú, e contou com o presidente da FCF, Rubens Angelotti, o diretor de Competições Especiais, Carlos Fernando Crispim, e dirigentes da equipe de Nova Veneza.

Ao concretizar a profissionalização, o clube de 51 anos e que sempre atuou em competições de futebol não profissionais, confirmou a participação no Campeonato Catarinense da Série C 2021.

O presidente da FCF, Rubens Angelotti, deseja que o novo filiado consiga desempenhar um bom trabalho. “Ficamos contentes em contar com mais um clube filiado, mesmo em um momento complicado, de pandemia. Desejamos sucesso ao Caravaggio nessa nova caminhada”, destaca o presidente da FCF.

“Estávamos estudando essa possibilidade de entrar no profissional desde 2016, quando renovamos a diretoria. Buscamos informações, conversando com muita gente, principalmente nesse ano, onde realmente tomamos a decisão de ingressar no futebol profissional, porque não está longe da nossa realidade”, aponta o presidente do Caravaggio Futebol Clube, Samuel Milanez. “É uma emoção muito grande. Estou muito contente. É um dia que ficará marcado para Nova Veneza”, complementa.

O diretor de competições principais, Carlos Fernando Crispim, comemorou a entrada de mais um clube no Campeonato Catarinense da Série C. “A competição tem evoluído nos últimos anos. Cada vez mais aparecem clubes interessados em participar. Ano passado tivemos um atrativo importante, que foi a transmissão das duas partidas da final de forma on-line. A pandemia impede a torcida de ir aos jogos e essa cobertura pela internet ajuda os clubes nesse sentido. Estamos em tratativas para buscar a transmissão de todos os jogos da competição desse ano”, pontua Carlos Crispim.

Reunião foi realizada na sala da presidência da FCF. Foto: Fernando Ribeiro/FCF

Presidente da FCF, Rubens Angelotti, e o presidente do Caravaggio, Samuel Milanez. Foto: Fernando Ribeiro/FCF