1   +   7   =  

O Presidente da Federação Catarinense de Futebol, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, participou na noite desta 2ª feira (25) da festa de celebração da Confederação Brasileira de Futebol com seus dirigentes e entidades afiliadas, no Hotel Unique, em São Paulo.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

DELFIM PEIXOTO ESPOSA 2O dirigente máximo do futebol catarinense esteve no evento acompanhando pela esposa, Ilka Labes Peixoto e pelo Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Futebol para a Região Sul do País, Fábio Marcel Nogueira.

 

 

 

 

Confira todos os detalhes do evento da CBF em São Paulo:
Informações www.cbf.com.br

A Família do Futebol Brasileiro reuniu-se na noite desta segunda-feira, em São Paulo, para uma grande festa de celebração do esporte mais popular do país e da Seleção mais vitoriosa do mundo.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

O presidente da CBF José Maria Marin, acompanhado de seus vice-presidentes regionais, comandou o evento em que destacou o seu profundo agradecimento aos presidentes de federações e dos clubes que compõem a Série A do Campeonato Brasileiro, pela sua importância no desenvolvimento e organização do futebol brasileiro.

– Agradeço muito a colaboração desses dirigentes, incansáveis na defesa de questões em prol do futebol brasileiro, companheiros com os quais tenho contado em todos os momentos, os difíceis e os de sucesso.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Os presidentes das federações e dos clubes foram homenageados com as medalhas relativas à brilhante conquista da Copa das Confederações 2013, assim como três integrantes da comissão técnica responsável pelo título: o técnico Felipão, o coordenador Carlos Alberto Parreira e o auxiliar Flávio Murtosa, também distinguidos com a medalha.

O presidente Marin fez questão de elogiar a competência da comissão técnica, em que deposita total confiança na preparação da Seleção Brasileira que tentará no ano que vem o hexacampeonato tão sonhado pelo povo brasileiro.

– Vivemos na campanha da Copa das Confederações um momento muito especial. O povo brasileiro reencontrou-se com a sua Seleção e levou-a nos braços, com o seu entusiasmo, a vitórias inesquecíveis daquela conquista. Tenho certeza de que esse apoio se repetirá na busca do nosso sonho maior, em 2014.

Em uma festa de celebração do futebol não poderia faltar a homenagem a um representante da imprensa, aquele que foi a voz da Seleção Brasileira pela televisão em 10 Copas do Mundo. O presidente José Maria Marin chamou Luciano do Vale ao palco exaltando-o como alguém que honra a sua profissão, pelo comportamento ético e construtivo com que pautou a longa carreira – são 50 anos de atividade.

As palavras do presidente Martin deixaram Luciano do Vale emocionado.

– Estou mesmo emocionado, por ser homenageado por pessoas tão importantes do nosso futebol. São 50 anos de carreira, em que transmiti 10 Copas do Mundo. Agora, vou para a minha 11ª Copa e no meu país.

Ao final do evento, em que estiveram presentes também os presidentes da Conmebol, Eugenio Figueredo, o presidente da Confederação da Bolívia, Carlos Alberto Chavez, o da Confederação do Equador, Luis Acosta, o diretor da Rede Globo, Marcelo Campos Pinto, que foi homenageado, e muitos desportistas, foi exibido no telão um vídeo com as conquistas da administração da CBF e da Seleção Brasileira.

Cenas de jogos da Copa das Confederações, assim como das cinco conquistas das Copas do Mundo, se misturavam a imagens da futura sede própria da CBF, no Rio de Janeiro, que abrigará um Museu; a construção da moderna concentração em Teresópolis, que servirá de centro de treinamento para a Copa do Mundo, assim como as competições que a entidade organiza: as quatro séries do Brasileiro, a Copa do Brasil, a Copa do Nordeste, as Copas do Brasil Sub-20 e Sub-17, a Copa do Brasil Feminina, o Campeonato Brasileiro Feminino e a Seleção Feminina.