1   +   10   =  

O futebol de Santa Catarina estará em festa neste domingo (12) quando a Federação Catarinense de Futebol completa 91 anos de fundação. Mais de nove décadas transcorreram desde a reunião entre os cinco clubes fundadores: Atlético Florianópolis, Figueirense, Internato, Trabalhista e Avahy, nas dependências do Colégio Catarinense, na Capital e a evolução do futebol catarinense atinge incontestável reconhecimento nacional.

Sede construída em 2007 é o principal legado das gestões do Presidente Delfim Pádua Peixoto Filho. Foto: Assessoria de Imprensa FCF.

Sede construída em 2007 é o principal legado das gestões do Presidente Delfim Peixoto Filho.
Foto: Assessoria de Imprensa FCF.

– BAIXE A FOTO EM ALTA RESOLUÇÃO
Direcionando os caminhos da prática do futebol em Santa Catarina, atualmente a FCF organiza treze (13) competições, quatro (4) profissionais, nove (9) não-profissionais. São vinte e oito (28) clubes filiados, das sessenta e cinco (65) Ligas não-profissionais existentes no Estado, quarenta (40) delas desenvolvendo competições federadas. Desde 1985 administrada pelo Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho, a FCF tem no seu momento atual o melhor ao longo da história dos 91 anos de existência. O avanço no Ranking Nacional de Federações (RNF) da Confederação Brasileira de Futebol é um dos demonstrativos, da 9ª colocação em 2012, chegamos ao 6º posto em 2013, condição mantida ao final da temporada 2014, com 28.096 pontos.

Além de usufruir desde o final do ano de 2007 das instalações de sua bela sede própria, em Balneário Camboriú, o desempenho dos clubes filiados nas competições nacionais é o mais significativo da história do futebol catarinense. O crescimento em infraestrutura e a condição atual do futebol catarinense no cenário nacional comprovam a saúde da Federação Catarinense de Futebol na plenitude dos seus 91 anos e também seu êxito administrativo.

São quatro representantes da elite do futebol brasileiro, Figueirense, Chapecoense, Joinville e Avaí. Um clube na Série B, o Criciúma Esporte Clube, ainda Metropolitano e Internacional disputarão a Série D do Campeonato Brasileiro de 2015. O Estado conta também com cinco clubes disputando a Copa do Brasil 2015. Recentemente, as meninas do Kindermann conquistaram o primeiro título nacional para o futebol feminino de Santa Catarina, sagrando-se campeãs da Copa do Brasil 2015.

Capitaneada pelo Presidente Delfim Pádua Peixoto Filho, a Federação Catarinense de Futebol conta com uma equipe de 27 pessoas, entre funcionários, diretores e colaboradores, que atuam distribuídos em oito departamentos dedicando empenho e profissionalismo ao futebol de Santa Catarina.

Dia a dia, jogo a jogo, o futebol catarinense segue trilhando sua história em busca de títulos, proporcionando alegria aos torcedores e construindo sua trajetória de conquistas!

Parabéns Federação Catarinense de Futebol, parabéns futebol catarinense, parabéns torcida catarinese!

– Saiba mais sobre a Federação Catarinense de Futebol.