Prove que é um ser humano: 9   +   9   =  

Será no próximo sábado (23) na Casa Lar, em Araranguá, a decisão do Campeonato Catarinense Infantil Aberto 2018. O Catarinense Infantil Aberto é a segunda competição do calendário das categorias do futebol catarinense que consagra o campeão de 2018. A competição foi criada com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento das categorias de base do futebol de Santa Catarina através da interação entre atletas de clubes de futebol profissional e de escolinhas de futebol.

Ass. Irmã Carmen recebe o CA Metropolitano, às 15 horas, na partida de volta da 3ª Fase – Finais. Na primeira partida em Blumenau, no Estádio Guilherme Jensen, a Ass. Irmã Carmen, de Araranguá, venceu o CA Metropolitano por 3 a 2.

Invictos na competição e com uma campanha irrepreensível de 9 vitórias e apenas 2 empates,  os meninos da Ass. Irmã Carmen podem até perder por um gol de desvantagem que ainda serão campeões. Já o CA Metropolitano precisa vencer por dois gols de vantagem para ficar o título. As duas equipes têm os melhores ataques da competição com 27 gols marcados e a disputa pela artilheira está aberta entre cinco atletas, confira:

Artilheiros:
DANIEL DE OLIVEIRA MELO – SÃO BENTO – 7 GOLS
GUILHERME TRAJANO HERMES – METROPOLITANO – 5 GOLS
MATHEUS JOAQUIM DE ALMEIDA – IRMÃ CARMEN – 5 GOLS
JEFERSON ROSA – METROPOLITANO – 5 GOLS
GABRIEL PEREIRA BOTKE – IRMÃ CARMEN – 5 GOLS

Defesa
A Ass. Irmã Carmen tem também a defesa menos vazada da competição com oito gols sofridos, assim como o goleiro menos menos vazado, Lucas de Borba Cardoso, com 5 gols sofridos em 9 jogos disputados.

– VEJA TODAS AS INFORMAÇÕES DO CATARINENSE INFANTIL ABERTO

As Finais
Na 3ª Fase – Finais a equipe que somar mais pontos ao final das duas partidas será campeã. Em caso de empate em número de pontos, os critérios de desempate serão os seguintes:

I – maior número de vitórias;
II – maior saldo de gols;
III – maior número de gols pró;
IV – confronto direto, somente no caso de empate entre 2 (duas) associações;
V – menor número de cartões vermelhos recebidos;
VI – menor numero de cartões amarelos recebidos; VII – sorteio