6   +   9   =  

Integrantes do quadro catarinense participam do 2º Curso de Capacitação do VAR

Informações: cbf.com.br
Com foco na implementação do VAR (sigla em inglês de video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo), a arbitragem brasileira esteve reunida em Águas de Lindóia (SP). Em parceria com a Escola Nacional de Arbitragem do Futebol (ENAF), a Comissão de Arbitragem da CBF deu início ao 2º Curso de Capacitação para Árbitros Assistentes de Vídeo no último dia 18 de junho.

Foto: Lucas Diogo / CBF

Durante os 20 dias de atividades no Eco Resort Oscar Inn, 32 árbitros da elite do futebol brasileiro participaram da atual etapa de aprofundamento, que foi dividida em três turmas. Entre os participantes estão três integrantes do quadro catarinense, Bráulio da Silva Machado, Kléber Lúcio Gil e Helton Nunes, além do Diretor do Departamento de Arbitragem da FCF, Marco Antônio Martins.

A primeira turmo foi realizada entre os dias 18 e 23 de junho e formada pelos instrutores de arbitragem. Responsáveis por repassar o aprendizado aos árbitros do quadro da CBF, os profissionais se especializaram no uso das novas ferramentas.

Fotos: Lucas Diogo / CBF

Instrutor da CBF, Milton Otaviano destacou a importância do curso de capacitação e explicou a metodologia que será aplicada tanto nos gramados, como nas cabines de vídeo.

– Colocamos os árbitros para treinar na sala de vídeo para que ele possa treinar o controle das telas e, aí, solicitar a revisão das situações que acontecem em campo. Posteriormente, fomos ao campo com simulações de jogo. Levamos uma equipe de arbitragem para que fosse verificada pelo árbitro de vídeo na sala. Com isso, vamos adaptando cada um ao seu local de trabalho para que o árbitro de vídeo possa rever as situações conforme o protocolo atualizado da FIFA – revelou Milton.

Aberta no último sabado (23), a segunda turma conta com 16 árbitros e vai até o dia 30 de junho. Integrante do grupo selecionado, o experiente Marcelo de Lima Henrique destacou o período de dedicação ao tema tão atual no futebol moderno.

– Estamos passando aqui cerca de oito dias, revendo tudo, treinando jogadas, ensaiando, revisando, checando… Então, temos que fazer um grande trabalho, bem minucioso, porque logo será implementado no Brasil. Tem que ser um trabalho de excelência porque brasileiro exige um futebol de excelência – afirmou o árbitro, que teve o discurso reforçado pela instrutora Ana Paula Oliveira.

– Temos que terminar essa terceira turma de forma extraordinária. São mais de 20 dias aqui trabalhando, respirando e pensando o árbitro assistente de vídeo – projetou Ana Paula.

Entre os principais objetivos do encontro está o domínio do protocolo traçado pela IFAB (International Football Association Board). Representante do órgão da FIFA, o ex-árbitro David Elleray vai acompanhar de perto as atividades, que se encerram com a terceira turma no dia 8 de julho.

Alunos da Turma II

Anderson Daronco (RS)

Bráulio Machado (SC)

Bruno Pires (GO)

Danilo Manis (SP)

Dewson Freitas (PA)

Guilherme Camilo (MG)

Helton Nunes (SC)

Kleber Gil (SC)

Luiz Regazone (RJ)

Marcelo Henrique (RJ)

Marcelo Souza (SP)

Rafael Alves (RS)

Rafael Traci (PR)

Raphael Claus (SP)

Ricardo Ribeiro (MG)

Rodrigo Corrêa (RJ)