Presidente da FCF é homenageado pela Assembleia Legislativa

O presidente da Federação Catarinense de Futebol (FCF), Delfim de Pádua Peixoto Filho, foi homenageado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na noite desta segunda-feira (14), durante a Festa de Encerramento do Campeonato Catarinense 2014, realizada no Auditório Antonieta de Barros do Palácio Barriga Verde. O evento reuniu jogadores, árbitros, dirigentes esportivos e autoridades de todo o estado.

A placa em homenagem ao dirigente foi entregue pelo presidente em exercício da Assembleia, deputado Joares Ponticelli (PP), que representou o Parlamento catarinense na cerimônia. Segundo o parlamentar, a homenagem é o reconhecimento ao trabalho desenvolvido por Delfim à frente da federação, enfatizando o crescimento das ligas não profissionais de futebol e o fortalecimento do futebol catarinense em nível federal.

“Essa é uma homenagem dos 40 deputados que representam esta Casa que você integrou e honrou muito. Nosso muito obrigado por nos dar a alegria de colocar o futebol catarinense no melhor momento de sua história”, afirmou Ponticelli, referindo-se ao fato do estado ter, pela primeira vez, três times na Série A do Campeonato Brasileiro.

Foto: Carlos Kilian/Agência AL

Foto: Carlos Kilian/Agência AL


Delfim, que foi deputado estadual por 12 anos, entre as décadas de 70 e 80, agradeceu pela homenagem. “Transfiro essa homenagem a todo futebol catarinense. Isso é fruto do trabalho de muitos dirigentes, atletas e árbitros em todo o estado”, disse. O presidente da FCF também agradeceu à Assembleia por ter cedido o Auditório Antonieta de Barros para a realização do evento.

Durante a Festa de Encerramento do Campeonato Catarinense 2014, foram premiados com o Troféu Top da Bola os melhores atletas, árbitros e dirigentes do certame, que foi encerrado no último domingo (13), com o título do Figueirense, após a vitória por 2 a 1 sobre o Joinville. O lateral Wellington Saci, do Joinville, foi eleito o craque do campeonato.

O evento também foi marcado por homenagens ao artilheiro Albeneir, um dos maiores ídolos da história do Figueirense, e aos 90 anos da Federação Catarinense de Futebol.

Informações: Marcelo Espinoza / Agência AL