Faça o bem ao próximo com as campanhas do CBF Social

Sabemos que a sociedade sofre os impactos causados pela pandemia do Covid-19 de diversas formas. Qualquer tipo de ajuda neste momento é válida e, diante desse cenário, o CBF Social tem como objetivo fomentar ações de responsabilidade social por meio do esporte. São duas campanhas pensadas em prol da nossa população – e você pode dar a sua contribuição através delas.

Campanha Voluntário Verde e Amarelo

O Transforma Brasil, fundado em 2018, é um movimento de solidariedade que cria uma ponte entre pessoas que precisam ser ajudadas com quem deseja ajudar. Nessa parceria com o CBF Social, o programa chega para unir a paixão pelo futebol e a vontade e fazer o bem para aumentar a rede de voluntariados pelo país.

Acesse este link, preencha o cadastro, informe o time do coração e faça uma descrição sobre a sua área de interesse; então a plataforma fará uma procura de organizações ou entidades que estão atrás de voluntários. Dessa maneira, você pode apoiar aquelas causas que se sente identificado.

No seu perfil, será possível ver o resumo das atividades como voluntário, as horas dedicadas, quantidade de participações e o currículo social.

Campanha Ligue Para Uma Pessoa Idosa

O isolamento social durante tempos de pandemia pode ter um efeito de solidão em muitas pessoas, principalmente aqueles da melhor idade. Em iniciativa criada pela Pastoral da Pessoa Idosa, a campanha conta com o apoio do CBF Social e incentiva o contato por telefone com integrantes deste grupo de maior risco.

A intenção é levar afeto e também oferecer auxílio com medidas de prevenção e outras informações que podem ser úteis. Reforçamos que um simples telefonema pode acalmar uma pessoa idosa, fazendo com que ela sinta carinho e percebendo que tem alguém para contar neste período delicado. O projeto pede para que os participantes liguem apenas para pessoas que conheçam – familiares, amigos, vizinhos -, a fim de passar maior segurança ao idoso.

Também pode ser interessante o envio de um vídeo, não sendo muito longo. Enquanto conversa com ela, o ideal é que se ofereça ajuda para tarefas que a pessoa não está conseguindo desempenhar, principalmente as externas como compras de alimentos ou medicamentos. Assim como estimular a prática de exercícios leves dentro de casa e destacar a importância da boa alimentação, hidratação e prevenção ao vírus.

Pedimos para que sempre seja transmitido um tom de alegria, relembrando fatos antigos, levando boas notícias e criando esse canal de comunicação, se oferecendo como contato para o idoso sempre que ele precisar ou sentir saudade dessa companhia.

Vamos ajudar?